Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Progeac participa de Jornada pedagógica dos Complexos Integrados de Porto Seguro e Itamaraju
Início do conteúdo da página

Progeac participa de Jornada pedagógica dos Complexos Integrados de Porto Seguro e Itamaraju

  • Publicado: Sexta, 14 de Fevereiro de 2020, 12h09
  • Última atualização em Sexta, 14 de Fevereiro de 2020, 12h10
  • Acessos: 783

CIE ItamarajuEntre os dias 03 e 07 de fevereiro, as escolas estaduais realizaram a Jornada Pedagógica 2020. É o momento em que professores, gestores e coordenadores pedagógicos se reúnem para planejar coletivamente o ano letivo.

A Diretora de ensino-aprendizagem, prof.ª Milena Magalhães, e a Coordenadora de Educação em rede, prof.ª Gabriela Rodella de Oliveira, participaram da Jornada pedagógica do Complexo Integrado de Educação de Porto Seguro (CIEPS) e do Complexo Integrado de Educação de Itamaraju (CIEI).

As professoras reafirmaram o compromisso da UFSB com o fortalecimento do acordo de cooperação, que possibilita aos/às professores/as e estudantes, principalmente das licenciaturas interdisciplinares, atuarem com diversos projetos nessas escolas de educação integral, estruturando uma rede promissora entre a educação básica e o ensino superior.

A participação nas jornadas é importante para o planejamento e desenvolvimento das atividades da Coordenação da Educação em rede, criada no ano passado, quando a equipe da Diretoria de Ensino-Aprendizagem reestruturou o seu organograma. Na ocasião, era consenso que, embora houvesse um trabalho muito potente sendo realizado nos CIEs, havia a necessidade de organizar uma política institucional que desse conta de articular os programas dos três Complexos, unificando as suas diretrizes e estabelecendo metas a curto e longo prazo.

“Ao criar a coordenação, tínhamos em mente que, para desenvolver esse trabalho, seria preciso uma pessoa que já realizasse um trabalho efetivo nos CIEs e tivesse experiência na área de ensino”, afirma a Diretora da DEA, prof.ª Milena Magalhães. Nesse sentido, o convite feito à prof.ª Gabriela Rodella, pela pró-reitora de gestão acadêmica, prof.ª Janaína Losada, não poderia ter sido mais acertado. Além de ser coordenadora institucional do programa de Residência Pedagógica, Rodella já havia sido Coordenadora de Práticas Pedagógicas do CIE de Itamaraju e, desde junho de 2019, era a Coordenadora do CIEPS.

Ao conversar com os/as professores/as do CIE Itamaraju, ela afirmou que ter aceitado o convite era resultado da sua vontade de estar nos CIEs realizando um trabalho que, para ela, é de suma importância para o fortalecimento das relações entre o ensino superior e a educação básica.

Nos dias 03 e 05 de fevereiro, foram realizadas também reuniões com os vice-decanos dos IHACs. No CSC, estiveram presentes o decano do IHAC Marcos Bernardes e a vice-decana Angela Maria Garcia, que fez um importante relato sobre a situação dos CUNIs na região. No CPF, participaram da reunião, a vice-decana Caroline Caputo e o prof. Eliseu Alves da Silva, que também estiveram na Jornada Pedagógica do CIE Itamaraju. O prof. Eliseu será o novo coordenador de práticas pedagógicas desse Complexo.CIE Porto Seguro

Em breve, será a vez de a equipe da UFSB reunir-se com a do CIE Itabuna. Devido à dificuldade de estar presente durante a Jornada, optou-se por realizar os encontros em outro momento.  

Durante a Jornada, a partir da escuta atenta da equipe pedagógica dos CIEs, foram estipuladas algumas metas, dentre elas i) sistematização dos relatórios dos trabalhos já realizados nos CIEs, reconstituindo a história da parceria; ii) estabelecimento das diretrizes norteadoras da atuação da Universidade nos CIEs, iii) reestruturação das funções da coordenação e da equipe responsável pelos trabalhos nos CIEs; iv) planejamento anual das atividades nos CIEs; v) parceria com o programa de extensão da UFSB para registrar institucionalmente os projetos a serem realizados nos CIEs.   

Em março, deverá ocorrer a segunda etapa, na qual se realizará um encontro coletivo com os/as vice-decanos/as dos IHACs, coordenadores/as de práticas pedagógicas e assessores/as operacionais dos três Complexos Integrados.

Um dos pontos mais sensíveis surgidos durante a jornada foi a vontade expressa de demarcar essa parceria da UFSB com a SEC-BA como uma “comunidade de desejos”, para pensar coletivamente um projeto que diga respeito às urgências do nosso tempo no que concerne ao papel da Universidade nos territórios em que está inserida. O prof. Gustavo Souza Melo, do CIE Itamaraju, definiu bem as limitações de um projeto como este ao afirmar que “assim como a escola, a Universidade não tem poder decisório para atuar nas instâncias superiores que regem a educação básica”.

A partir dessa constatação, comungada por todos/as, extraiu-se o que se espera ser a tônica a partir de agora: deter-se no que podem fazer essas instituições, nomeadas “sem poderes”, que são hoje a escola e a Universidade, para realizarem um trabalho exigente, sem trégua, como somente o trabalho amoroso consegue ser.

 

Texto e fotos: Progeac

registrado em:
Fim do conteúdo da página