Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página

Lançamento do livro Panorama da Socioeconomia Solidária do Território Litoral Sul da Bahia

Publicado: Terça, 18 de Fevereiro de 2020, 16h10 | Última atualização em Quinta, 20 de Fevereiro de 2020, 12h27 | Acessos: 440

O que: Lançamento do livro Panorama da Socioeconomia Solidária do Território Litoral Sul da Bahia

Quando: dia 19 de março, às 17h

Onde: Centro de Comercialização do Artesanato/Porto da Barra, em Salvador

 

capa livro

Livro Panorama da Socioeconomia Solidária do Território Litoral Sul da Bahia aborda a cultura do cacau frente à suposta crise enfrentada com o surgimento de da praga Vasoura de Bruxa 

Obra será lançada no dia 19 de março, às 17h, no Centro de Comercialização do Artesanato/Porto da Barra, em Salvador.

 

Basta falar em Bahia que os reflexos se voltam às belezas do maior Estado, em território, do Nordeste. Festa, tradição, comida, montanhas e praias encantam os olhares de quem chega ao território baiano, mas a Bahia também é produção, serviços e trabalho, muito trabalho.

E é por isso que a principal região produtora de cacau da Bahia, será objeto de estudo do livro Panorama da Socioeconomia Solidária do Território Litoral Sul da Bahia (TLS), na qual será traçar a realidade da economia solidária no TLS. A obra também traz toda uma discussão do conteúdo tecnológico empregado no processo produtivo desses empreendimentos frente ao declínio da cacauicultura. 

Escrito pelos professores Dayvid Santos, Ricardo Kalid e Fernando Pelegrini, o livro será lançado no próximo dia 19 de março, às 17h, no Centro de Comercialização do Artesanato/Porto da Barra, na cidade de Salvador. 

Panorama é resultado de um extenso período de pesquisas e análises, onde os autores buscam apresentar os impactos das políticas socais nos empreendimentos econômicos solidários, a experiência de cidadãos radicados no sul da Bahia; problemas gerados pela, denominada por alguns, crise da monocultura cacaueira; e pelo descaso dos setores políticos locais, regionais e nacionais.  

Até o final da década de 70 o TLS teve o cacau como um dos pilares da economia baiana, com a produção baseada no modelo concentrador de renda, onde muitos trabalhadores viviam nas fazendas de cacau em situação de semiescravidão. A partir de 1980, com o surgimento da praga Vassoura de Bruxa, a produção do cacau sofreu forte impacto na dinâmica estrutural da sociedade e da economia da região; para pior ou para melhor?

Ao longo de três décadas foi predominante na literatura do Território Litoral Sul da Bahia a ideia de que ocorreu uma crise avassaladora em decorrência da praga Vassoura de Bruxa nos plantios de cacau dissecando a economia territorial. Esta opinião apresenta-se controversa; outra concepção que tem perdurado ao longo tempo refere-se a negação do papel fundamental dos empreendimentos econômicos solidários na economia do território.

A partir das perspectivas apresentadas no decorrer da obra pelos autores é possível refletir se, de fato, houve e há uma crise na região cacaueira? Ou houve e há uma crise entre os grande produtores de cacau? O TLS agregou-se tecnologicamente para fomentar o processo produtivo? Quais os principais impactos social e econômico causadas pela produção nos dias atuais? Esses são alguns dos questionamentos discutidos ao decorrer da obra, onde o leitor terá uma visão mais ampliada da diversidade e da convergência de novos produtos e processos no TLS.

Serviço

O que: Lançamento do livro Panorama da Socioeconomia Solidária do Território Litoral Sul da Bahia

Onde: Centro de Comercialização do Artesanato/Porto da Barra, na cidade de Salvador

Quando: 19 de Março de 2020

Horário: 17h

Traje: Esporte fino 

 

 

Com informações e imagem por Ricardo de Araújo Kalid

registrado em:
Fim do conteúdo da página